26 de outubro de 2013

O dinheiro iraniano


Sempre acho curioso analisar as cédulas de dinheiro nos países. Elas nos dizem muito sobre a cultura e o que o governo deseja destacar no país. Direta ou indiretamente, há uma mensagem sendo passada.
No Irã não poderia ser diferente.

Para começar, todas as cédulas de dinheiro iraniano tem em um de seus lados a foto do primeiro líder supremo responsável pela revolução islâmica: o aiatolá Khomeini, e os números estão escritos em alfabeto árabe. A exceção é a maior nota chamada de "cheque".

Do lado oposto a foto do líder, as imagens mostram símbolos da arquitetura histórica iraniana, seus ídolos (poetas), e a natureza (Monte Damavand). Neste lado, as cédulas tem seus números apresentados em numerais de nosso alfabeto.

Entender os preços e lidar com o dinheiro iraniano não é tarefa das mais simples. Para começar, a desvalorização da moeda gerou números gigantescos nas cédulas, com pelo menos 4 zeros que poderiam ser "cortados". Para brasileiros isso não deveria ser problema, já que convivemos por muitos anos com este tipo de situalção em nosso país.

Tomans: é uma outra moeda?

Alguns estrangeiros acham que o Irã tem 2 moedas: o Rial e o Toman. Isso é um erro!
O Irã tem apenas uma moeda que se chama RIAL. É exatamente o que aparece na cédula do dinheiro.
No entanto, para facilitar o entendimento local (ou dificultar o entendimento do estrangeiro), o iranianos rebatizaram a moeda com a palavra Toman, cortando do preço um zero do número.

Complicou?

Explicação prática: supondo que você vá comprar um refrigerante e ele custa 10.000 Rials. O vendedor pode informar o preço dizendo: 1.000 Toman. Muitas vezes ainda, para encurtar ainda mais a conversa, ele vai te falar que custa apenas 1.

Entre os brasileiros nós já rebatizamos a moeda com o nome de "dinheiros". Então digo aos meus amigos que um refrigerante custa 1 "dinheiro", cortando definitivamente estes 4 zeros desnecessários.

Outras formas locais de dizer preço são de informar os valores cortando os 4 zeros e dizendo, por exemplo, 20 "greens", que seriam 200.000 Rials, ou 20 notas de 10.000 Rials (que é da cor VERDE, entendeu?)!

Temos ainda a possibilidade de chamar 20 "Khomeines", ou seja, 20 notas de 10.000 Rials! Mas para não fazer confusão linguística, tente aprender e memorizar somente o Toman mesmo.


Quanto vale um dólar em Rials?

Saber a cotação do dólar no Irã é um desafio a partir do exterior. Pesquisando na internet, você provavelmente irá encontrar a cotação oficial, que não é vantajosa para o turista. Seu dinheiro vale muito mais no Irã, trocando-se no mercado negro que nem é tão "negro" assim. Apesar de não ser oficial, as lojas de câmbio estão espalhadas por toda grande cidade do Irã com cotações muito melhores que as dos bancos.

Uma dica ao viajante acessar o site http://www.2zaar.com/ (necessita google translator), que apresenta a cotação do dia no mercado negro. Outra opção é instalar o aplicativo (app) para smartphones: "Mesghal".

Cotação do dia 25/10/2013 no mercado negro:
  • 1 dólar = 30.050 Rials (ou 3.005 Tomans)

Cotação do dia 25/10/2013 no oficial:
  • 1 dólar = 24.816 Rials (ou 2.482 Tomans)
No mais, tenha pelo menos ideia de quanto vale cada nota no seu país para não sair pagando 10 vezes  a mais ou a menos que o valor do produto. Por exemplo, a maior nota do Irã, a de 500.000 Rials, vale menos que 20 dólares atualmente.

Apesar da confusão certa que todo "marinheiro de primeira viagem" vai passar no Irã, o lado bom é que as pessoas aqui, na grande maioria das vezes são honestas! Vendedores e taxistas podem até te pedir um valor a mais do que para um local, mas uma vez acertado o preço, se você der notas a mais, eles vão te devolver e te ajudar!


Esta é a maior nota atualmente em circulação. Em um dos lados da cédula, os 4 zeros já aparecem cortados.
A mesquita de Qom é o destaque desta cédula.

A tumba do poeta Saadi (localizada na cidade de Shiraz) aparece na nota de 100.000 rials.
Os poetas persas são grande razão de orgulho para os iranianos.

A nota de 50.000 rials enaltece o nome "Golfo Pérsico", que tem sido polêmica no mundo, já que os árabes chamam o mesmo golfo de "Golfo Arábico". Houve um período que a Google retirou o nome persa, gerando muito descontentamento entre os iranianos. Hoje a empresa mantêm os 2 nomes no aplicativo Google Maps.

A nota de 20.000 rials destaca a praça de Esfahan.

A nota de 10.000 rials destaca o monte Damavand, o maior pico do Oriente Médio.

As moedas iranianas quase não valem nada.
São mais usadas para pagar ônibus/ metrô, evitando a demora no troco.

A nota de 1.000.000 de rials saiu de circulação. Esta foto foi tirada em julho de 2010.


4 comentários:

  1. Respostas
    1. Esqueci de enviar o meu. Juliuscastro1@yahoo.com.br

      Excluir
    2. Caro Julius
      Mande suas dúvidas pelo blog para que outros leitores possam obter as mesmas informações.
      Grata.
      Caroline

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails