11 de maio de 2013

No mundo da internet de sanções e censura




Vida de blogueira no Irã não é fácil. Primeiro que blogs nem são permitidos na internet iraniana e portanto são censurados. O jeito é partir para recursos anti-filtros, VPNs e toda a parafernália de software desbloqueadores que infernizam a tela do computador com propagandas. Vencido este transtorno, temos a velocidade de acesso. Perco horas baixando arquivos, fotos ou vídeos para colocar nas postagens. Muitas vezes perco o trabalho de pesquisa e digitação, simplesmente porque a internet com os anti-filtros trava a tal ponto de ter que reiniciar o micro. O próprio blogger que utilizo para meu blog, pisca a cada 2 minutos a mensagem de erro ao tentar salvar a postagem automaticamente.



Não são somente os blog que são censurados. Páginas de relacionamento como Facebook, jornais internacionais, YouTube, e naturalmente, pornografia, são proibidos no país e portanto bloqueados. Sem uma VPN ou anti-filtro funcionando, o usuário que tentar acessar sites destas categorias visualiza em sua tela uma bem conhecida página colorida e em farsi do governo. Com um tradutor, é possível acessar até o código penal com as explicações de que tipo de site é proibido pela República Islâmica do Irã.

Página da censura iraniana para páginas não-autorizadas.


Página do governo explica os diversos artigos da lei específica de crimes digitais.
(Traduzido pelo aplicativo da Google)


A internet no Irã sempre foi lenta, mas nos últimos meses é quase piada pensar que pago pelo plano mais rápido disponível no país (2M unlimited) para ver as letras e figuras sendo plotadas uma a uma na tela para cada página que tento acessar. Há várias teorias para explicar a internet tão lenta nos últimos tempos: véspera de eleições presidenciais (que acontecerão no dia 14 de junho), o desenvolvimento de uma tal internet "made in Iran" que noticiam que "em breve" entrará no ar (ouço isso desde que cheguei no Irã, 2 anos atrás) ou simplesmente o monitoramento/ censura que vem se "aprimorando". Seja qual for o motivo, tem deixado a vida on-line um martírio. Faz semanas que o Skype não funciona e não tenho mais comunicação visual com minha família no Brasil. Sorte que as ligações telefônicas são baratas e boas, mas  agora até mesmo isso está difícil. Completar uma ligação para o Brasil sem tentar algumas dezenas de vezes é quase impossível. E ficar mais de 5 minutos é raridade: a ligação cai por razões misteriosas.

Não fossem todos os problemas "naturais" do país, quando temos internet, convivemos ainda com as sanções dos países do ocidente lideradas pelos EUA: sites diversos identificam quando estou acessando do Irã e bloqueiam meu acesso e até as minhas contas! Até cartão de crédito eventualmente é bloqueado por "medida de segurança" quando tento fazer uma compra on-line.
Atualizar aplicativos de Iphone e Ipads só com VPN (e isso quando funciona!). Apesar dos milhares de clientes Apple no país (http://www.coordenadaxy.com/2012/06/steve-jobs-no-ira.html), a empresa insiste em nos presentear com mensagens de erro 1009 que bloqueiam a tela.

Meu segredo para manter postagens semanais? Aproveito os momentos raros de internet sem problemas para escrever o que posso e deixo as postagens agendadas para publicação automática! Só assim para manter o blog vivo! :-P


Aviso "simpático" da página PayPal: "You have accessed your account from a sanctioned country. Per international sanction regulations, you are not authorized to access the PayPal system. For more information about your PayPal account status, contact complianceverifications@paypal.com." 

Erro frequente no Iphone ao ser usado no Irã.




8 comentários:

  1. Parabéns, Caroline! Belo texto e preciosas informações. Não à toa, é o único blog que sigo. Beijocas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Iracema! Depois que escrevi esta postagem, a internet tem estado ainda pior e minhas ligações para o Brasil não se mantêm por mais de 2 minutos (quando consigo completar a chamada).
      Responder aos comentários dos leitores também não está fácil.
      ;-)

      Excluir
  2. Nossa que drama! Agora senti a tensão que meus amigos iranianos têm para visitar o meu blog e o Face... Engraçado, alguns só conseguem falar pelo Skype, enquanto outros só por Yahoo ou Gmail.
    Parabéns pelo post e pelo esforço de nos manter informados!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Janaina. Não está fácil e quanto mais chegamos perto das eleições, mais tenho a sensação que logo estaremos "incomunicáveis" já que até as ligações telefônicas estão sendo cortadas.
      Quanto aos teus amigos que conseguem acessar diferentes programas, é que cada tipo de "anti-filtro" consegue desbloquear um tipo de conexão. Então depende da internet (servidor) e do aplicativo que estão usando.
      Abraços!

      Excluir
  3. Que dureza, Caroline. Por mais que falem que o mundo político não deveria interferir na economia de mercado, esta é mais uma prova sobre como ela interfere sim e como isso complica o dia-a-dia de quem vive num país como o Irã. Apesar deste grande problema, cada vez mais me dá vontade de conhecer aí. E parabéns pelo blog, principalmente por sua persistência em mantê-lo! :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luciano.
      Fora os vários controles e censuras do governo (que realmente são MUITO chatos), o Irã é lindo, seguro e hospitaleiro.
      Venha visitar o país. Não conheço ninguém que voltou com uma imagem pior e que não tenha achado o país surpreendente.
      Abraço!

      Excluir
  4. E eu que achava que era difícil bloggar dos Emirados Árabes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual o tipo de restrição você tem aí, Fernanda?

      Excluir

Related Posts with Thumbnails