28 de abril de 2015

Gastronomia Norte-Americana: indo além dos hambúrgueres (sem esquecer deles)



Não há como evitar associar a comida Norte-Americana com os gordurosos bifes de carne moída, mais conhecidos como hambúrguer ou cheeseburgers (ou ainda "x-burguer", abrasileirando a palavra).
Sim, eles existem e fazem parte do cotidiano deste povo, mas não perca o seu tempo nas franquias tipo McDonalds e Burger King que você conhece (que particularmente são sujas e deprimentes nos EUA).

Há três franquias bacanas que eu já experimentei e que recomendo (em ordem da minha preferência):
  1. Shake-Shack - https://www.shakeshack.com/
  2. Five Guys - http://www.fiveguys.com/
  3. BGR - http://www.bgrtheburgerjoint.com/

Todos fazem parte da lista das 10 melhores franquias de hambúrguer dos EUA segundo um famoso site do país: http://www.thedailymeal.com/america-s-top-10-chain-burgers-slideshow


Presidente Obama fazendo um pedido de hambúrgueres no Five Guys.


Southern Food, Creole or Cajun Food - comida típica do sul dos EUA

A grande pedida original nos EUA é a comida do sul. Original e apimentada, a comida do sul pode ser encontrada em todas as regiões do país em restaurantes típicos sulistas. As palavras "creole" e "cajun" são associações aos temperos e origens. Não estranhe. Elas estão apenas identificando regionalmente o seu prato.

Dentre os maravilhosos pratos típicos cito:

Fried Green Tomatoes (tomates verdes fritos) - não é apenas o nome de um filme de 1991, mas uma entrada (aperitivo) bacana, onde os tomates verdes são fritos a milanesa e servidos com delicioso molho.

Shrimp and Grits (Camarões e purê de milho) - americanos não aceitam comparar o grits com polenta, mas é mais ou menos isso, para compreender melhor. O "purê de polenta" é servido com camarões e molho picante. Meu preferido!

Jambalaya - é uma espécie de paella americana. Mistura o arroz com uma série de frutos do mar com salsicha ou toucinho.

Gumbo - é um cozido servido com arroz. Um monte de misturas, pode ser feito com diferentes tipos de carne e sempre tem quiabo para engrossar o sopão.

Poboy ou Po-Boys - nada mais é que um sanduíche. O nome é originário da combinação das palavras "poor boys". No ano de 1929 operadores de bondes elétricos no estado da Louisiana fizeram uma greve e ficaram sem receber seus salários. Para alimentar estes operários, a comunidade entregava pequenas baguetes para os "pobres rapazes" que estavam famintos. O nome pegou.


Restaurantes de comida do sul em Washington DC:

Meus preferidos:

Bayouhttp://bayouonpenn.com/www/
Eatonvillehttp://www.eatonvillerestaurant.com/
Famous Daveshttp://www.famousdaves.com/home - fora de DC! Para churrasco americano!


Curiosos vocabulários para você aproveitar melhor os restaurantes nos EUA:

Entrées - todo turista confunde, inclusive europeus! No menu, quando você encontrar esta palavra, ela quer dizer "pratos principais" e não tem nada a ver com as "entradas" (em inglês "appetizers"). Este significado só existe nos EUA e Canadá. (Para saber mais clique aqui.)

Biscuits - não é biscoito para os americanos! Os "biscuits" são deliciosos pãezinhos fofinhos, normalmente servidos quentinhos no café da manhã com muito "gravy". A palavra neste conceito só é usada nos EUA e no Canadá. (Para saber mais clique aqui.)

Gravy - é um molho grosso, normalmente com sabor de carne ou frango.

Philly Cheesesteak (ou somente Cheesesteak) - famoso sanduíche da Filadélfia com carne fatiada e queijo.

Hoagie - também um tipo de sanduíche da Filadélfia. Não percebo muita diferença quando comparado ao anterior.

Sub (submarine) - sanduíche comprido "no formato de submarino" segundo os americanos. Mesmo formato que os 2 itens anteriores, no entanto, mas com nomes diferentes só para complicar.

BLT SandwicheBacon + Lettuce + Tomato: simples assim!

Club Sandwiche - é um sanduíche de pão de fatia.

Sliders - são mini hambúrgueres servido em "buns".

Bun - são os pães de formato de hambúrgueres, e que podem ser levemente adocicados.

Bagel - pão no formato de rosquinha.

Flatbread - nada mais é que uma pizza metida a besta. Quando aparece no menu, é com coberturas mais ousadas, tipo queijo brie com geléia de figo. Pizzas normalmente são mais "tradicionais", no esquema marguerita, peperoni, etc.

Brunch (Breakfast + Lunch) - São os almoços dos dorminhocos de final de semana. Um mistura de café da manhã com almoço. É super popular nos EUA nos finais de semana e é a desculpa para os restaurantes cobrarem 20 dólares por um omelete.

Mimosa - bebida comumente servida nos brunch. Trata-se apenas da mistura de espumante com suco de laranja.

Deli (Delicatessen) - nos EUA são fast-foods mais saudáveis, muitas vezes oferecendo saladas e sopas no menu.

Coleslaw - salada a base de repolho ralado. Muitas vezes é misturado com cenoura e maionese.

BBQ - sigla para se referir a "barbecue", o churrasco sulista.


Tomates verdes fritos (milanesa), com grits e gravy!

Barbecue americano no Famous Daves.

Coleslaw: a tal salada de repolho.

Bom apetite!


8 comentários:

  1. Carol, aí em W DC tem o Good Stuff Eatery.
    Eu já era fã do livro deles e chegando ai fiz minha namorada andar umas 2h até que encontramos a bendita da hamburgueria. Não sei se era a fome, mas avaliei como sendo o melhor hamburguer do mundo. Passa um dia lá e me tira essa dúvida! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu François. Quando eu testar eu te mando um feedback. ;-)

      Excluir
  2. Nossa, que delícia de post! Delicia dobrada porque além de falar de comida e ter me dado água na boca, também envolve significado de palavras em outra língua. Eu, como toda boa tradutora, fiquei aqui babando :)

    ResponderExcluir
  3. Carolina Carvalho8 de junho de 2015 22:26

    Carol (posso chamar assim? Prefiro que me chamem de Carol, Carolina soa muito formal, rs), acabei de ler sua sequência de posts sobre o Irã e estou sem palavras. Sensacional!!!
    Planejo passar de 15 a 20 dias por lá no início do ano que vem (estou órfã do post com o roteiro de 15 dias =/), porém meu namorado não terá férias e eu irei sozinha...
    Já li muito a respeito de mulheres viajando sozinhas para lá, e de modo geral os comentários me deixaram bastante tranquila com relação ao que vou encontrar.
    Gostaria de fazer muitos dos passeios que você fez, porém você acha que sozinha é tranquilo fazê-los?
    Um abraço, e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol.
      Sim, viajar no Irã é tranquilo. Eu diria que é um dos países mais seguros para se viajar no Oriente Médio. A grande dificuldade que você irá enfrentar é mais na comunicação, então não deixe de levar um bom guia do país com você. Se possível, feche pacotes internos previamente (com agências iranianas fica mais barato, inclusive).
      Iranianos adoram o Brasil: leve lembrancinhas com nossa bandeira e camisetas para presentear os novos amigos que você fará.
      Abraço!

      Excluir
  4. Oi Caroline.. Adorei as dicas.. Super bacana.. Essa é minha primeira visita, fiz questão de deixar um comentário pra dizer que gostei muito do seu blog e que vou voltar mais vezes, com certeza! E quem sabe a gente não conta com uma contribuição sua para o nosso blog qualquer dia desses? Beijo :*

    Juh - http://quasegringa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Juh! Se vier a Washington DC dá um alô.

      Excluir

Related Posts with Thumbnails