10 de setembro de 2014

Livros e filmes sobre a Coréia do Norte


Livros:


Nada a invejar (Nothing to Envy)
Barbara Demick

A jornalista Demick descreve neste livro várias histórias de norte coreanos que desertaram e hoje vivem na Coréia do Sul.






Fuga do Campo 14 (Escape from camp 14)
Blaine Harden

Este livro relata a história de apenas um norte coreano, mas com uma carga psicológica extremamente forte. O protagonista, um rapaz nascido num campo de trabalhos forçados, descreve sua vida quase como a do livro 1984, de George Orwel. É inacreditável imaginar que ainda existam locais, como estes campos de concentração descritos no livro, em pleno século 21.



Pyongyang, A Jorney in North Korea
Guy Delisle

Mais um dos quadrinhos de Guy Delisle descrevendo o que ele vivenciou no país. Neste em particular, ele passa 3 meses trabalhando na capital Pyongyang e descreve o que observou dos monumentos, museus e das pessoas do país.





Only Beautiful, please
John Everard

O diplomata britânico John Everard descreve a Coréia do Norte, onde viveu de 2006 a 2008, com muita riqueza de detalhes e comparações. Apesar de não negar os pontos negativos da ditadura, ele também aponta o lado positivo do país e das pessoas, bem como desmistifica vários mitos populares.





Vídeos:

Vídeo turístico promocional de Pyongyang:


Documentário bastante realista de como é viajar pela Coréia do Norte como turista.
Legendas em português!


Viagem de motocicleta pela Coréia do Norte:


Sobre os desertores da Coréia do Norte:

4 comentários:

  1. Super bacana a lista. Vou ver se acho algum deles no Netflix. Que bom que você voltou a postar! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina! Tá faltando tempo na minha vida! hahahaha
      Beijo!

      Excluir
  2. Oi Caroline:

    Eu li o "Fuga do Campo 14", impressiona como relato jornalístico. Eu geralmente não consigo classificar esses livros como literários.

    Recomendo também "Os Aquários de Pyongyang".

    Há uns anos atrás, eu lia tudo sobre a Coréia do Norte, descobri uns sites que falam de cada um dos campos de concentração do país.

    A DPKN está no meu roteiro de visitas, até porque tenho um amigo que foi transferido agora para Seul, as chances de visitá-lo são grandes (não sei se o governo norte-coreano aceitará a minha entrada com carimbos do vizinho do Sul...).

    Não me canso de ler o seu blog, principalmente os posts sobre o Iran, país que sonho conhecer.

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Outro livro para minha lista. Obrigada!
      Beijo.

      Excluir

Related Posts with Thumbnails