4 de agosto de 2010

Culinária Iraniana

É engraçado, mas pesquisando na internet sobre a culinária iraniana você só encontra elogios e uma lista enorme de opções. A verdade é que na prática os restaurantes servem praticamente sempre a mesma meia dúzia de pratos, variando de acordo com a região ou cidade.

Você pode considerar que a lista é mais extensa se considerar todos os KEBABS listados nos menus dos restaurantes. KEBAB nada mais é que um churrasquinho e no Iran é servido no estilo "espetinho de gato". Neste caso você encontrará muitas "opções" no cardápio: kebab de frango, kebab de peixe, kebab de carneiro, kebab de camelo, etc. Normalmente vem servido com muito arroz (e um tablete de manteiga para derreter junto) e um tomate assado inteiro com casca.

Prato tradicional de kebab iraniano.
Os pratos acompanham SEMPRE limão e cebola crua.


Este foi um dos melhores kebabs que comemos no Irã. Veio acompanhado de batata frita, legumes cozidos e arroz temperado. Mas foi único e só encontramos em Teerã.


Em outros países o kebab pode ser encontrado de outras formas, a mais popular é no estilo de um "churrascão", e lascas são fatiadas e colocadas no pão - estilo fast-food / hamburguer. Este estilo não encontramos no Irã, mas é muito comum de encontrar nas ruas menos turísticas da Europa.








Alguns outros pratos iranianos:



O BERYANI é um prato que parece um hamburguer, feito com carne de carneiro e é servido com pão. É até gostosinho. Bom para variar um pouco. Ao lado do hamburguer vem um "farelinho" de carne também que tinha gosto de fígado ou algo assim.

TAH-CHIN: Prato constituído de arroz com ovos e iogurte no formato de um bolo. Por baixo tem um frango com molho de tomate. Acompanha repolho roxo em conserva extremamente ácido e que deixou esta cor rosada no prato.

FESENJAN é um prato com "bolas" de carne e molho de romã com noz. Muito gostoso mas difícil de encontrar nos restaurantes. É uma refeição comum nas famílias.

DIZI: Um prato bastante típico da Pérsia é o Dizi: um ensopado de carneiro e grão de bico. Quando servido, separa-se o caldo para comer com pão (que deve ser picado e jogado dentro da "sopa") e faz-se um "amassado" com os elementos sólidos (carne, grão de bico, tomate, cebola, alho, batata, ervilha).



Veja a "arte" do preparo com o "gourmet" Rafael no vídeo abaixo, auxiliado pelo Guilherme e comentado pelos demais do grupo:

.
Outra característica curiosa da culinária iraniana é que apesar da enorme variedade de temperos e ervas, a maioria dos pratos vem com pouco sal. Para o paladar brasileiro é sempre necessário recorrer ao saleiro.


DOCES

Os doces são uma atração a parte. Há realmente muita variedade. Eu particularmente adorei o docinho branco com pistache e que parece o nosso torrone brasileiro, mas muito melhor.

Docinho de pistache - delicioso!


Confeitaria


3 comentários:

  1. Comidas deliciosas Carol!! Deu água na boca! Comi shawarma em Foz do Iguaçu semana passada, aquele churrasco na vertical com acompanhamentos servido no pão sírio, hummmm!!! Aliás é conhecido tb como churrasco grego....

    ResponderExcluir
  2. hummm....fiquei com vontade de comer um kebab!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a foto do DIZI. Nada mais apetitoso do que ver que a imagem de um prato que está gentilmente sendo apreciado!!!:D q delícia! Paula

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails